17 Flares Twitter 0 Facebook 17 17 Flares ×

Desde que eu era pequeno sonhava em dar meu nome a um filho. Depois que a irmã nasceu logo Marcelinho virou “Inho”. Apesar da forma carinhosa um dia ele me disse: “porque ouço pouco o meu nome?”

Neste caso, o nome representa um pouco da sua identidade, da sua assinatura e imprime também a sua personalidade.

Infelizmente, outras pessoas tem em sua vida a marca de nomes que imprimem a identidade a partir do comportamento sendo chamados de burros, chatos, feios, idiotas e outras coisas piores que talvez você tinha ouvido ou possa imaginar.

Deus tem uma capacidade natural que precisamos aprender que é separar comportamento de identidade.

Deus olhou para Abrão e certo dia disse: “não mais serás chamado Abrão, mas Abraão será o teu nome; pois por pai de muitas nações te hei posto”. Gênesis 17:5

Seu neto Jacó passou por experiência semelhante quando lutou por sua benção. Seu nome significa Usurpador. Você pode imaginar como é horrível crescer sendo chamado de Usurpador?

Seus pais o chamando mesmo que carinhosamente: Usurpador! Usurpadorzinho meu filho, onde está você? Usurpador, pare com isso, é hora de tomar banho”

Um dia o anjo do Senhor lhe disse: “Não te chamarás mais Jacó, mas Israel; porque tens lutado com Deus e com os homens e tens prevalecido.” Gênesis 32:28

O poder do seu nome ( como Deus de te vê ) lhe impulsionará para cumprir seu chamado, seu destino.

Talvez as pessoas digam muitas coisas sobre você, mas Deus olha para você e tem uma palavra especial para lhe impulsionar através de sua identidade e você poderá dizer: Não sou um idiota, feio, sem valor, não sou um burro, mas sou um filho de Deus, servo do Deus altíssimo e Ele pode lhe dizer algo como disse para Jesus quando foi batizado: “e eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.” Mateus 3:17, em quem eu tenho muito prazer e alegria.

A proclamação do seu nome dará força para você prosperar e cumprir o seu chamado.

Quem sabe você possa parar por um instante e fazer a seguinte pergunta a Deus: Pai, como é que o Senhor me vê?

Talvez Ele diga algo como você é filho do Deus Vivo, a alegria do Senhor, a menina dos olhos de Deus, bela aos olhos do Pai, inteligente.

 

Você pode ser ainda ministrado neste assunto participando do Seminário A PERGUNTA.

Marcelo Giovenardi está envolvido com trabalho de edificação de casais e famílias desde 2004 ministrando em retiros casais e congressos de família e atuando como coordenador do Veredas Antigas e facilitador de diversos cursos da UDF, Aliança, Crown, Educação de Filhos e Hombridade.

17 Flares Twitter 0 Facebook 17 17 Flares ×
  • É preciso ouvir a voz de Deus em um mundo cada vez mais cheio de influencia q so degrinem a imagem do ser humano.